Próteses de silicone: 10 dúvidas frequentes

proteses-de-silicone-mulher-escondendo-os-seios

A cirurgia de próteses de silicone é, hoje, a mais executada pelos cirurgiões plásticos brasileiros. Antes de realizar o seu sonho de ter seios maiores, você deve ficar por dentro de todos os detalhes sobre esse procedimento.

Para esclarecer de uma vez por todas as dúvidas relacionadas às próteses de silicone, selecionamos os principais questionamentos que as pacientes nos trazem no dia a dia do consultório.

 

proteses-de-silicone-tipos
  • P: COMO É ESCOLHIDO O TAMANHO DAS PRÓTESES DE SILICONE?
  • R: Algumas medidas tomadas de suas mamas, além das proporções de altura, ombros, tórax e quadris, são fatores que nos guiam na escolha do tamanho mais indicado das próteses de silicone. Evidentemente deveremos levar em consideração, ainda, a capacidade elástica da pele dos seus seios, adequando o tamanho das próteses à esses parâmetros e buscando um senso de harmonia estética. As próteses não apresentam a mesma numeração dos soutiens (42, 44, P,M,G…). O que é levado em consideração são as medidas da largura e da projeção desejada para o seu caso. A partir destes dados é escolhida a prótese mais adequada.

 

proteses-de-silicone-formas
  • P: EU POSSO ESCOLHER MINHA PRÓTESE DE ACORDO COM A QUE UMA AMIGA COLOCOU E QUE EU ACHEI BONITA?
  • R: Não. Porque os seios de sua amiga podem ser completamente diferentes dos seus e temos que levar em consideração seu tipo físico, sua altura e peso, como já citamos. Também é importante sabermos que marca e tipo de prótese (perfil alto? super-alto? redonda? anatômica?) sua amiga colocou. As dimensões de largura e projeção das próteses variam com esses dados, por isso as próteses que sua amiga colocou podem não servir de parâmetro para seu caso.

Dúvidas sobre tipos de próteses de silicone? Esclareça-as aqui.

  • P: AS PRÓTESES DE SILICONE NÃO CAUSAM PROBLEMAS?
  • R: O silicone utilizado em próteses para aumento dos seios é diferente do silicone industrial, não médico, muitas vezes utilizado por pessoas sem o devido conhecimento e cuidados. Este sim pode causar sérios danos ao organismo. O silicone médico, ao contrário, após longos estudos e aplicação clínica, mostrou-se seguro e sem problemas de utilização desde que todos os critérios e cuidados na sua colocação e no seguimento por parte das pacientes sejam seguidos. Não existe nenhum dado cientificamente comprovado de que o silicone possa causar algum mal à saúde.

 

  • P: PODE OCORRER REJEIÇÃO AO SILICONE?
  • R: Não! Como já afirmamos, o silicone utilizado nas próteses mamarias é para uso médico e compatível com os tecidos humanos. Não há rejeição. Podem, sim, ocorrer problemas de cicatrização – como em qualquer cirurgia – devidamente tratados quando acontecem.

 

  • P: QUEM TEM PRÓTESES DE SILICONE TEM MAIS CHANCE DE DESENVOLVER CÂNCER DE MAMA DE QUEM NÃO TEM?
  • R: Não. A presença de próteses de silicone não interferem em nada com a evolução ou presença de câncer na mama. Existem estudos, inclusive, que demonstram que a incidência de câncer de mama em mulheres com prótese de mama é menor do que a da população de mulheres sem prótese

 

  • P: EU PODEREI FAZER OS EXAMES PREVENTIVOS APÓS A CIRURGIA?
  • R: Os exames da mama por parte do (a) seu (sua) ginecologista, ou o autoexame por você, continuarão a ser realizados normalmente. A mamografia pode ser realizada em pacientes que tenham implantes de silicone tanto abaixo da glândula como abaixo do músculo, sem prejuízo para a prótese e nem para a visualização de lesões mamográficas.. A presença da prótese não impede que um médico treinado no exame da mama e mesmo o radiologista façam um exame adequado para pesquisar qualquer lesão.

 

  • P: A SENSIBILIDADE DA MAMA E DO MAMILO FICA NORMAL APÓS A CIRURGIA?
  • R: Logo após a cirurgia você sentirá uma certa dormência e mesmo áreas de insensibilidade na mama, sintomas normais e que persistem por tempo variável. Se deve ao inchaço da cirurgia. Com o passar do tempo, a sensibilidade voltará ao normal. Da mesma forma, o mamilo poderá apresentar reações de aumento ou diminuição da sensibilidade que voltarão ao normal algumas semanas ou meses após a cirurgia. Também a ereção do mamilo é preservada e não há perda da sensibilidade erógena.

 

  • P: SE EU TIVER FILHOS, PODEREI AMAMENTAR?
  • R: Sim. A lactação e toda a fisiologia da glândula mamária não são alteradas. Logo, você poderá amamentar normalmente, se tiver os estímulos hormonais da lactação normais.
proteses-de-silicone-marcacao
  • P: AS PRÓTESES DE SILICONE TÊM PRAZO DE VALIDADE?
    R: Não existe nenhum dado científico relacionado a quanto uma prótese dura, se 10, 15, 20 ou mais anos e com as próteses atuais, mais resistentes e seguras dificilmente será necessário trocá-las. A indicação de troca ocorre quando alguma alteração como enrugamentos, dobras ou rupturas é diagnosticada nos exames de imagem.

 

  • P: QUAIS EXAMES FAÇO PARA AVALIAR A INTEGRIDADE DO IMPLANTE?
  • R: A ecografia mamária de rotina demonstra com boa sensibilidade a existência de rupturas na prótese. Em caso de dúvida, a Ressonância Magnética é o exame diagnóstico mais conclusivo.

Gostou do artigo? Comente e compartilhe nas nossas redes sociais.